São Paulo, 19 de setembro de 2017. Seja bem-vindo! ARTES PLÁSTICAS • ENSAIOS • SIMULAÇÕES 
 
O Centro Velho de São Paulo 01
São Paulo, 05 de julho de 2011, terça-feira.
Atualizado em 21 de janeiro de 2016, quinta.  

No final do mês passado, resolvi conhecer as livrarias e editoras existentes na Rua Conde de Sarzedas, a conhecida como a “rua dos evangélicos”, situado no bairro da Liberdade, em São Paulo. Pois, precisava fazer os contatos com o pessoal para as criações em artes (ilustrações, estampas etc.). Isso inclui os trabalhos para camisetas, sejam em silkscreen (serigrafia), transfer ou impressão sublimática.

Aproveitando a viagem, passei de novo no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), que estava expondo as obras de Maurits Cornelis Escher (1898-1972), desde o dia 19 de abril, e que vai até o dia 17 de julho. No começo, a maior preocupação dos funcionários do CCBB era se o espaço suportava o grande número de visitantes, sendo que a maioria é de crianças de escolas. Vejam as fotos abaixo:


A turma entretendo-se no espaço do Centro.


É preciso muita paciência, porque, por mais que o pessoal tente controlar essas criaturas, o barulho é um pouco maior do que o usual. Para ver todas as obras, incluindo as existentes nas salas, convém que você vá diretamente no terceiro andar, pelo elevador, e ir descendo a pé pela escada.


Aqui, a turma de ensino médio (tudo indica) está ensaiando em copiar os cenários e objetos do ambiente local.


A entrada principal do Centro Cultural Banco do Brasil, visto de cima.

Partindo-se daí, até cogitei em passar na Caixa Cultural, que fica próximo do CCBB. Mas na ocasião, percebi que não iria cumprir a tempo os meus compromissos. Mesmo assim, quando cheguei na Rua Tabatinguera, acabei visitando uma pequena igreja romanista (católica), por curiosidade. É que na primeira vez que vi esse templo, senti uma melancolia. Pois, existem elementos na sua constituição, e que relacionava com a morte. Algo como a morte de um ente querido, e que acabou sendo “canonizado” pela população. Isto é, tudo indicava ser uma religião popular, à margem da católica oficial. Mas a igreja estava fechada.

Desta vez, pude visitá-la, e até fotografar os detalhes. Mas a sua descrição e análise fica para uma próxima vez.

Saindo de lá, fui diretamente para a rua dos evangélicos, e comecei as minhas pesquisas e contatos nas livrarias, editoras e nas lojas que vendem as camisetas estampadas. Predominamente o local é constituido de pentecostais e neopentecostais. E como sou da linha fundamentalista (tradicional), existe um certo distanciamento entre nós, ainda que a doutrina básica seja a mesma. E por fim, acabei encontrando uma livraria que vende os materiais para pesquisas. E onde acabei adquirindo o exemplar abaixo:





Se quizer entrar em contato com o autor: eliassoares.responde@ig.com.br.

Voltando da incursão, acabei encontrando um novo lanchonete, e que vende salgadinhos por R$ 1,00, e até de R$ 2,00 - a Quickies. Existem vários lanchonetes que vendem salgadinhos por R$ 1,00 na cidade. Mas a novidade desse é que as pequenas delícias ficam dentro de gavetas compartilhadas: Você deposita a quantia em moedas, e puxa a respectiva gaveta do salgadinho que escolheu. Além de serem totalmente higiênicas, esses salgadinhos tem o sabor do primeiro mundo: É que essas máquinas e as receitas, vieram da Holanda. Não dá para comparar. Veja as imagens abaixo:





Eu disse higiênicas porque já presenciei, em um desses lanchonetes da cidade, uma menina a lamber um salgadinho. E depois, sinalizou para a sua mãe de que não queria, e preferia um outro. E ela, a mãe, sem perceber o que a sua filha tinha feito, efetuou a troca. Nessas máquinas da Quickies não tem como: Não dá para devolver.

A outra novidade está na variedade, principalmente os croquetes. Não deixe de experimentar o croquete de legumes. Uma delícia: O recheio parece ser de sopa quente, porém mais consistente. Nessa primeira experiência, comprei dois croquetes, sendo um de legumes, e paguei apenas R$ 2,00 no total. Somente quando terminei o primeiro (que é o de legumes) é que lembrei-me de fotografar os salgadinhos e a loja. Esta acima acho que é de carne temperada (se me lembro).


Os endereços:

Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) - Rua Álvares Penteado, 112 (próximo à Praça da Sé). Tel.: (11) 3113-3651

Caixa Cultural - Praça da Sé, 111. Tel.: (11) 3321-4400.

Quickies - Não existe mais.


®zadoque, 2013 -- Você pode usar o conteúdo desta página desde que indique a fonte.

Tópicos a pesquisar:
APRESENTAÇÃO
BLOGS E SITES INTERESSANTES
ZADOQUE ARTS
QUEM É ZADOQUE?
CONTATO POR E-MAIL

Blog e redes sociais aonde possam deixar comentários:
ZADOQUE IMAGES
TWITTER/ZadoqueImages


® Zadoque, 2017