São Paulo, 19 de setembro de 2017. Seja bem-vindo! ARTES PLÁSTICAS • ENSAIOS • SIMULAÇÕES 
 
Banca do Erikh foi confiscada pela Prefeitura de São Paulo
São Paulo, 31 de agosto de 2008, domingo.

Conhecida por vender as revistas encalhadas das editoras (números atrasados), era um ponto de referência para os leitores, pesquisadores e colecionadores. O sr. Emerson, dono da extinta banca, bem que tentou com o mandato de segurança, mas de nada adiantou.


A Banca do Erikh fechada: Para não ser intimidada pela Prefeitura de
São Paulo, em 19 de novembro de 2007.


O mandato de segurança e a cópia de outros documentos, para
garantir a permanência da banca no local.


Detalhe de um dos documentos.


Aviso do advogado, que defende a banca.


A Banca do Erikh consegue voltar a trabalhar na normalidade
(22 de abril de 2008). Mas a ameaça ainda paira no ar.


Detalhe da vitrine da banca.


Ela é especializada em revistas encalhadas das editoras e
praticamente novas. A partir daí, a causa já é considerada
perdida: A banca iria ser recolhida (14 de maio de 2008).

Essas bancas, como as outras retiradas, de uma forma ou outra, têm um peso na cultura livreira da cidade de São Paulo. São verdadeiras fontes de informações para estudantes e pesquisadores, e que dificilmente se encontram em livrarias e até em bibliotecas públicas.



COMENTÁRIOS FEITOS:

Atenção: Os comentários abaixos foram criados através de outros recursos (scripts), e não podem mais ser alterados.

®zadoque, 2013 -- Você pode usar o conteúdo desta página desde que indique a fonte.

Tópicos a pesquisar:
APRESENTAÇÃO
BLOGS E SITES INTERESSANTES
ZADOQUE ARTS
QUEM É ZADOQUE?
CONTATO POR E-MAIL

Blog e redes sociais aonde possam deixar comentários:
ZADOQUE IMAGES
TWITTER/ZadoqueImages


® Zadoque, 2017